Search
  • FlatDepth

O futuro e novas realidades

Bom dia pessoal, tudo bem com vocês? Espero que sim.



Hoje gostaria de conversar sobre realidade virtual, uma tecnologia que sempre pareceu distante do nosso tempo, mas veio aparecendo de fininho e hoje é algo inerente na vida de muitas pessoas. Mas afinal de contas, o que é realidade virtual? É, como o nome já indica, um ambiente virtual no qual o usuário pode se inserir, mas tudo não passa de um sistema computacional onde a tecnologia induz efeitos visuais e sonoros, permitindo total imersão no ambiente simulado.


Resumidamente a Realidade Virtual, ou VR do inglês Virtual Reality é uma simulação do que se vive na plataforma informatizada. Pode ser também batizada de Realidade Ficcional, pois é através do que compreendemos das situações, que conseguimos aproximá-las do que é real.


Lembram do filme Matrix? Neo era um homem vivendo dentro de uma grande realidade virtual.



A tecnologia está embasada em displays estereoscópicos, que incluem os headsets e os óculos. Em boa parte dos casos, seu uso está voltado para o entretenimento, mas há muitas outras possibilidades.


Nós da Flat Depth adoramos jogar um belo game em realidade virtual ou ver um filme com total imersão, mas as aplicações vão muito mais além disso, a expectativa é que o mercado seja significativamente impactado em diferentes áreas.


Realidade virtual no entretenimento


Os filmes, os desenhos e os seriados são interessantes, mas já pensou em assistir ao jogo do seu time de futebol diretamente de uma arquibancada virtual, sem se preocupar com imprevistos? Ou que tal ver um show da banda que mais gosta diretamente do seu sofá, mas com a experiência de estar no local?


A HBO mostrou aos usuários como seria a vida deles nos Sete Reinos de Game of Thrones por meio do Oculus Rift. A pessoa era inserida em um elevador que escalava uma geleira de 200 metros de altura. Além disso, o efeito de vento tornou tudo mais real.



Realidade virtual na medicina


A ideia de que a mente ajuda na recuperação é bastante verdade. E acredite ou não, a VR pode ajudar. Muitos médicos já trocam o uso intensivo de medicamentos após uma cirurgia, por exemplo, pela imersão no ambiente virtual, que passa tranquilidade e paz para acalmar a mente.

Essa ideia é similar à técnica da hipnose. Contudo, os médicos podem aproveitar muitos outros recursos. Na Universidade de Stanford, por exemplo, foi criado um programa de VR para simular uma cirurgia endoscópica dos seios da face. Assim, os profissionais testam antecipadamente e ensaiam o procedimento para obterem melhores resultados.

A VR também vem sendo usada para tratar pacientes psiquiátricos, que podem encarar seus medos no ambiente virtual e quebrar padrões, ou aqueles que sofrem de estresse pós-traumático, especialmente os veteranos de guerra.


Realidade virtual no varejo


As empresas que apostarem na VR para encantarem consumidores sairão à frente da concorrência. Um exemplo é o eBay, que criou a primeira loja de departamentos de realidade virtual do mundo com a rede australiana Myer. Nesse caso, o cliente pode usar o headset de qualquer lugar e, pelo aplicativo, escolher o produto que deseja.


Já o iGUi permite testar diferentes modelos de piscina antes de começar a mexer no quintal da sua casa. Você consegue verificar todo o projeto e ter uma visão perfeita de como ficará o resultado. Assim, tem menos chance de errar.


Realidade virtual na ciência


A ciência é um dos grandes beneficiados da VR. Esse é o caso do projeto MarsVR, que incentiva a exploração de Marte por meio dessa tecnologia. O projeto é desenvolvido pela Mars Society.

Porém, antes de iniciar o processo, é preciso conhecê-lo melhor — e é aí que entra a VR. Com técnicas especiais de fotogrametria, é possível vasculhar as áreas do planeta vermelho e entender melhor como funciona a vida por lá.


Realidade virtual no mercado imobiliário


Os corretores também podem se beneficiar significativamente da VR, sabia? É possível oferecer um catálogo diferenciado, com fotos e informações online, além de total imersão nos imóveis. Assim, o interessado pode mapear os cômodos e verificar se atende às suas necessidades.

Com isso, o cliente também consegue sanar todas as suas dúvidas sem ter que visitar o imóvel várias vezes, medida que diminui significativamente o retrabalho e o tempo gasto pelo corretor. Os vídeos em 360º também contribuem para esse processo.


Realidade virtual na educação


As escolas cada vez mais devem utilizar a VR a seu favor. A proposta é que os interessados façam um tour virtual pelo colégio e compreendam a metodologia adotada. Além disso, o professor usará a tecnologia na sala de aula para aprimorar os resultados alcançados pelos estudantes e proporcionar experiências em inglês para simular situações reais.

Em suma, fica muito claro que a realidade virtual é uma tecnologia que veio para ficar e se aperfeiçoar. É fundamental que você esteja pronto para esse momento e se prepare desde já.



5 views

GET IN TOUCH

If you like what you see, and could use some of our services, feel free to get in touch.

Rio de Janeiro, Brazil

CNPJ 35.783.520/0001-00
  • Instagram
  • Facebook

+55 21 9 9576 8874